Umumbigo


insinuação
Abril 8, 2012, 1:25 pm
Filed under: nostalgias

VII

Mariana dir-se-ia heteróclita. Contrariava estética e gramática com o mesmo sorriso com que invertia coração e razão.  Pontapeava pedrinhas da estrada e caminhava com visível interesse no sol que se punha.

– Olá, -disse-lhe João.

Olhou para dentro de si mesma e viu nevoeiro. Numa des-construção de ideias e sentires, apalpou a geografia da alma. Espantou demónios de desassossego. Da palavra iniciática, riu-se: Olá.

A prima Cassandra chegou num automóvel azul-celeste e encostou na berma. Esperou que os passos de Mariana alcançassem a máquina e viu pelo retrovisor o aceno de um homem encorpado. Gostaria que me acenassem do músculo daquele braço, pensou. Mariana entrou no carro e atirou um beijo, enquanto João passava ao longo do vidro a olhar em frente, com ar de retidão e um quê de desapego.

– Quem é?, perguntou Cassandra. Alguém daqui, disse-lhe Mariana, distraidamente. Dentro dela, via agora insinuação.

Anúncios

Deixe um Comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: