Umumbigo


Janeiro 18, 2014, 11:56 am
Filed under: nostalgias

LIV

– Até há.
– Até já?
– Há, até há.
– Ate há o quê, Helga?
– Há de haver. Não já, de tempo urgente. Luís, até já é o próximo passo. Ainda não o podemos dar. Falo-te agora de corpo e matéria, de existir mesmo.
– Existir o quê?
– Amor entre nós.

Anúncios

Deixe um Comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: