Umumbigo


perigo
Janeiro 29, 2014, 7:05 pm
Filed under: nostalgias

LXIV

Gostava de ver a proeminência da tragédia. O adivinhar da catástrofe. Como as marcas de um pneu que travam a fundo antes do muro que delimita a rua. Marcas de pneu a indicar que, no final, ainda se foi a tempo. E esse ainda é que era magnético. Entusiasmante. Perigo que desperta.

Por isso mesmo, Bianca travou a fundo antes do muro. Saiu do carro para avaliar as marcas no alcatrão. Nenhuma. Entrou novamente para acelerar ainda mais, no limite da vida, e travar logo de seguida, com toda a sua força.

Anúncios

Deixe um Comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: