Umumbigo


trama
Março 8, 2014, 11:37 am
Filed under: nostalgias

XCVIII

Nesse dia, escreve a Manuel com leveza aparente na mão:

Hoje tenho muitos pensamentos sobre estar aqui e poder estar noutro sítio.
Sabes quando te envolves numa trama toda enlaçada e enleada e não vês por onde te soltar, onde começa a ponta, onde respira a ponta, onde estou, porque estou? Talvez não saibas. Era bom não saberes. Se eventualmente souberes só como desatar o nó,  a lógica parece-me a mesma que usamos quando te peço ajuda com o fecho do vestido: contigo é um gesto rápido e rotineiro. Muito simples. Na realidade, era bom que soubesses.

Violeta

Anúncios

Deixe um Comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: