Umumbigo


saber
Março 11, 2014, 5:11 pm
Filed under: nostalgias

CII

Manuel e Violeta estão sentados na varanda, sendo também eles o entardecer.

– Eu é que sei. Quero que saibas que eu é que sei, sabes?
– Não sei.
– Como não sabes?
– Se tu é que sabes.
– Sim. Quero apenas que saibas que eu é que sei. Consegues saber isto?
– Consigo saber que tu é que sabes? Ficamos então os dois a saber.
– Não. Eu fico a saber o que sei. Tu a saber que apenas eu sei o que sei. Pode ser assim?
– Eu a saber que apenas tu sabes o que sabes. Nós a sabermos, na verdade.
– Se preferes assim.
– Prefiro.
– Por que é o nós para ti melhor do que o eu?
– Também o é para ti, ou não me chamarias todos os dias para ver o céu laranja ficar noite.
– Há um momento nesta passagem em que é da tua cor, Violeta. Não o podes perder.

Anúncios

Deixe um Comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: