Umumbigo


machista
Maio 5, 2014, 4:12 pm
Filed under: nostalgias

CLVIII

Depois de um beijo demorado, Luís diz a Violeta: tenho saudades de ser um só. Ele apenas.

– És o pior dos egoístas.
– Ontem disseste-me ser o pior dos machistas.
– Também.
– Repara que a própria gramática é machista – basta um homem numa sala de mil mulheres para logo se falar no masculino. Já o egoísmo é universal, diria até que inato. Quem beija alguém a não ser para se beijar a si próprio? Todo o abraço que damos é uma continuidade daquilo que somos ou queremos ser. Queremos ser sempre maiores. É então o egoísmo que nos faz conceber um mundo maior.

Violeta mantém-se muda, mantém-se imóvel.

– Não te finjas ofendida. Ao quereres ter um filho para seres lembrada, és também egoísta. E isso não é mau.
– Pode ser isso bom?
– Sim, se todas as razões são duvidosas. Algo depois ilumina o que é mais escuro.

De novo o beijo.

Anúncios

Deixe um Comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: