Umumbigo


décimo
Maio 13, 2014, 3:58 pm
Filed under: nostalgias

CLXVI

Na aproximação sentiu-se cair de um décimo andar. Vira um único edifício de dez andares numa ida à cidade de Bianca. As coisas eram altíssimas. Abriu a boca e trincou o ar que lhe pareceu também muito alto. O sabor era diferente, talvez mais metálico. Ou mais cinzento, cor de edifício de betão. Também mais sensual, imponente e poderoso como edifício de betão.
Na aproximação do cabeleireiro e numa cidade quase tão grande como a de Bianca, lembrou-se do taxista. Gostou de pensar: não fosse ele e não estaria aqui. Onde estaria? Iria ligar-lhe a contar a novidade – seria isso que falariam na terceira vez.

Anúncios

Deixe um Comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: