Umumbigo


poço
Maio 29, 2014, 9:54 pm
Filed under: nostalgias

CLXXXIII

Firmino Banfula tinha um catarro muito grande. Interrompia a serenidade de qualquer espaço habitado ou não habitado com uma tosse vinda de profundezas muito escuras.

– Homem, isso ainda nos mata e logo de seguida te mata a ti.

Decidiu então curar aquilo. Primeiro, com bagaço. Não resultando, deixou de fumar. Não havendo mudança alguma, bebeu a infusão preparada pela mãe com folhas frescas de guaco, malva, mel e duas colheres de água do poço.

– Para quê a água do poço?

A mãe inventou uma história de santinhos e preces milagrosas para convencê-lo a beber a água mais próxima do que a da fonte e, portanto, mais cómoda. Firmino Banfula assentiu como um menino e chorou como um menino quando constatou, no dia seguinte, estar extinto o catarro. Logo brindou com muito álcool, logo dançou toda a noite e toda a manhã envolto em fumo de charutos baratos. Logo acordou de ressaca.

O poço passou a ser o seu lugar de culto pessoal e rotina higiénica e todos os dias descia um balde vazio para fazê-lo subir pesado e cheio de água benta para nela se banhar e nela saciar a sede. Prometeu a todos nas redondezas que curaria qualquer mal. A vizinhança entreolhava-se duvidosa e decidiu testar a teoria com um caso perdido: poderia aquela água dita santa alimentar Clarinha a definhar de magreza e fazê-la crescer em formas de mulher?

Firmino Banfula correu a levar Clarinha ao colo sob o olhar preocupado da tia e os seus pés apressados para segui-los. O poço andava de boca em boca e evoluía de um culto pessoal para um culto de gente com fome de milagres.

-Aquela água vai fazer-te roliça como um frade, já vais ver.

A tia corria a segui-los envolta em crença e misericórdia, murmurando rezinhas e cânticos desafinados. Clarinha ia de olhos fechados e ossos cada vez mais bicudos.

Anúncios

Deixe um Comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: