Umumbigo


agosto
Junho 16, 2014, 1:22 pm
Filed under: nostalgias

CC

Casou-se num dia quente de agosto.

Não sobreviverás foi o mais simpático que lhe disse uma das tias, era Violeta sussurando-lhe não sobreviverás num abraço longo.

E continuou apertando-a entre os braços: casar no verão é como entrar numa festa apenas com um pé e logo virar costas para seguir qualquer estrada escura. Tendo a certeza que vais errada. Os outros não sabem o que fazer: entramos na festa, saíamos também. Pois devem entrar ou haveria festa na estrada e festa tem sempre luz e essa estrada só sabe ser escura. Habituas-te à escuridão, não há nada que ver.

Lucília sorri a Violeta, triste pela tua tristeza, triste pela tua amargura, feliz pela minha felicidade, feliz por vestir este vestido branco e de tule num dia quente de agosto, feliz por ver a surpresa doce de Lito. Raramente me visto de branco.

Anúncios

Deixe um Comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: