Umumbigo


fúria
Agosto 15, 2014, 3:55 pm
Filed under: nostalgias

CCXXVIII

A fúria era uma incógnita. Nunca a tinha sentido corroer o corpo de sangue a escaldar. Por isso enfrentou o combate com curiosidade. O outro homem procurava uma luta cheia de raiva e dor, como corresponder à expectativa? Teve pena dele e do outro, estúpidos naquele impasse.

– E se em vez disto fossemos beber qualquer coisa?

A frase não chegou a tempo de impedir o murro duro, mas a cerveja gelada logo a seguir soube-lhe a cura. Os homens eram menos estúpidos à conversa.

Anúncios

Deixe um Comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: