Umumbigo


vísceras
Janeiro 10, 2015, 11:36 am
Filed under: de ler

“Se abrires um poema para ver as suas vísceras, veremos farinha, água e sal. Se for um poema recente, ainda estará quente, a cheirar a forno, a fogo e lenha.”

Mar, Afonso Cruz

Anúncios

Deixe um Comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: