Umumbigo


pálpebra
Setembro 19, 2015, 11:38 am
Filed under: citações, de ler | Etiquetas:

“Desde o seu último encontro com F. que ele pensa naquilo: os olhos: a janela da alma: o centro da beleza do rosto; o ponto onde se concentra a identidade de um indivíduo; mas ao mesmo tempo um instrumento de visão que tem de ser constantemente lavado, molhado, conservado por um líquido especial com a sua dose de sal. O olhar, a maior maravilha que um homem possui, é portanto interrompido regularmente por um movimento mecânico de lavagem. Como um pára-brisas lavado por umas escovas de borracha. Aliás, hoje pode regular-se a velocidade das escovas de forma a que cada movimento seja interrompido por uma pausa de dez segundos, o que é, mais ou menos, o ritmo de uma pálpebra.
Jean-Marc olha para os olhos daqueles com quem está a falar e tenta observar o movimento da pálpebra: verifica que não é fácil. Não estamos habituados a ter consciência da pálpebra. Pensa: «Não há nada que eu veja com maior frequência que os olhos dos outros, e portanto as pálpebras e o seu movimento. E, no entanto, não retenho esse movimento. Subtraio-o aos olhos que tenho à minha frente.»  ”

A Identidade, Milan Kundera

Anúncios

Deixe um Comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: