Umumbigo


susto
Setembro 4, 2016, 9:50 am
Filed under: poesia

Nuvens despedaçadas anunciam

a possibilidade de um céu sereno.

Olho o chão para parar de

surpreender-me com a claridade.

Porque olho sem ver, tropeço no

próprio pé ao contornar

uma pedra grande.

As pedras surgem sempre de

surpresa para não sabermos calar

a exclamação que forma um oh

na nossa boca pintada

de susto.

Anúncios

Deixe um Comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: