Umumbigo


olá
Setembro 9, 2016, 2:35 pm
Filed under: poesia

olá, espero que este poema vos encontre bem

gostaria de saber se alguém conhece a resposta

a algumas perguntas rápidas e irrequietas, são elas:

para onde vão todas as ideias que perdemos

de onde vem o arrepio que põe o corpo em sentido

como sentimos o momento em que se acaba o fôlego

pode o céu alto cair em cima de nós aos trambolhões.

Anúncios

Deixe um Comentário so far
Deixe um comentário



Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: